Publicado por: glauciorocha | 15/04/2009

Visão Geral do Recurso Live Migration no Windows Server 2008 R2 Hyper-V™

O Windows Server® 2008 R2 Hyper-V™ foi construído sob a arquitetura e recursos estabelecidos para o Windows Server® 2008 Hyper-V™, com vários recursos novos que melhoram significantemente a flexibilidade do produto. A adoção da virtualização tem gerado o aumento da flexibilidade na implantação e no gerenciamento do ciclo de vida das aplicações. Os profissionais de TI têm implantado e usado a virtualização para consolidar cargas de trabalho que reduzem a necessidade de expansão do servidor. Adicionalmente, eles podem implantar a virtualização com tecnologias de cluster para fornecer uma robusta infraestrutura de TI com alta disponibilidade e recuperação de desastres. Ainda assim, os clientes estão procurando por maior flexibilidade. O Windows Server® 2008 R2 Hyper-V™ fornece uma grande flexibilidade com o recurso Live Migration. O Live Migration é integrado ao Windows Server® 2008 R2 Hyper-V™ e ao Microsoft® Hyper-V™ Server 2008 R2. Com o Live Migration do Hyper-V™, você pode mover as máquinas virtuais em execução de um host físico do Hyper-V™ para outro, sem qualquer interrupção perceptível do serviço. Os profissionais de TI estão cada vez mais procurando usar o Live Migration para criar um ambiente de TI flexível e dinâmico, que possa responder às necessidades corporativas. O Live Migration fornece a tecnologia básica necessária para o balanceamento dinâmico de carga, colocação de máquina virtual, alta disponibilidade para as cargas de trabalho virtualizadas durante a manutenção dos computadores físicos e reduzido consumo de energia elétrica do centro de dados. O Windows Server® 2008 R2 Hyper-V™ adiciona novos recursos valiosos àqueles fornecidos pela primeira versão do Hyper-V™. Por exemplo, usando o Live Migration no Windows Server® 2008 R2 Hyper-V™, executando máquinas virtuais que podem ser migradas de um computador físico para outro. O armazenamento pode ser adicionado ou removido de uma máquina virtual enquanto ela está sendo executada. Além disso, o Windows Server® 2008 R2 Hyper-V™ tira melhor proveito do computador físico, com maior suporte ao processador e melhor suporte ao computador físico. Este documento fornece uma visão geral dos novos recursos do Windows Server® 2008 R2 Hyper-V™ e informações detalhadas sobre o Live Migration.

Armazenamento Dinâmico de Máquina Virtual
O Windows Server® 2008 R2 Hyper-V™ suporta a inserção e a remoção a quente de armazenamento. Ao suportar a adição ou a remoção de arquivos VHD (Virtual Hard Drive ou Disco Rígido Virtual) e de discos pass-through enquanto a máquina virtual está sendo executada, o Windows Server® 2008 R2 Hyper-V™ torna possível a rápida configuração das máquinas virtuais para atender aos requisitos de mudança. Este recurso permite tanto a adição ou remoção de arquivos VHD ou discos pass-through aos controladores SCSI existentes nas máquinas virtuais.

Observação: A inserção ou a remoção a quente de armazenamento requer os Serviços de Integração do Hyper-V™ fornecidos pelo Windows Server® 2008 R2 para serem instalados no sistema operacional convidado.

Abraços,

Glaucio Rocha


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: